terça-feira, 22 de setembro de 2009

Schumacher: mind games ou verdade velada?

Schumacher e Barrichello: amigos da onça

O Tazio publicou que Schumacher concedeu entrevista e não citou Barrichello ao comentar a disputa pelo título de 2009 da F1.

Schumi disse apenas que Button é o favorito por causa dos problemas de confiabilidade da Red Bull.

Não é de hoje, Michael e Rubens têm suas desavenças, mas é curioso ver Schumacher de fato ignorando o papel de Barrichello na F1 atual.

Não é algo muito comum ao heptacampeão entrar na onda do seu ex-companheiro de equipe, embora, de acordo com fontes duvidosas, tenham trocado algumas farpas no passado recente, como aqui e aqui.

Mas não deixa de ser um indicativo também de que existe a possibilidade de Schumacher saber algo que ninguém sabe.

Algo no modus operandi de Ross Brawn sobre pilotos favorecidos e seus abnegados companheiros de equipe.

Algo que ele sabe muito bem, Brawn sabe ainda melhor e Barrichello gostaria de esquecer.

É do interesse de toda F1 que, faltando quatro corridas para o fim de um campeonato atípico, mas super disputado, que os dois pilotos da Brawn possam se digladiar até não sobrar pedra sobre pedra.

Mas os interesses da F1 nunca foram priorizados sobre interesses privados, inescrupulosos e duvidosos, como foi visto claramente no Crashgate.

Pode ser que Michael não quisesse dizer nada com isso, mas pode ser que quisesse, e aí mora todo o problema.

Veremos neste fim-de-semana, de uma vez por todas, se Rubens Barrichello tem a melhor mão da mesa em toda sua carreira ou se é mera circunstância.

De todo modo, nunca duas semanas passaram tão devagar!

4 comentários:

Willian disse...

Acredito que seja coincidência o "esquecimento" dele. Prefiro não pensar em teorias conspiratórias agora (embora já tenha pensado nisso após Barcelona).
Vamos ver se o Barrichello fica à frente do Button novamente. Se ficar, começo a acreditar que as chances de título serão reais!
Vale lembrar que, em 2007, Kimi Raikkonen estava 18 pontos atrás de Hamilton quando faltavam 4 provas.
Rubens está 14...

Daniel Gomes disse...

Hehe, é, talvez seja uma teoria da conspiração boba mesmo...

Mas é estranho sim o Schumi esquecer seu velho companheiro de cinco anos de Ferrari que, querendo ou não, venceu duas das três últimas corridas...

No fundo, eu lamento que Rubinho e Schumacher não se dêem bem.

Daniel Médici disse...

Não conheço os meandros do paddock, mas sim os da imprensa... Acho que também é preciso considerar a vontade jornalística de criar uma notícia num lugar onde ela não existe.

Claro, a minha fala não deixa de ser, também, especulação.

Guilherme Teixeira disse...

William, acho que fica melhor assim: O Kimi estava a 17 pontos atrás do Hamilton faltando duas corridas para o fim da temporada ; )

Tive a mesma impressão Daniel. Mas no fundo parece mais birra do Shummy com o Rubinho. A Red Bull tá tecnicamente fora - se forem mal em Cingapura, o que é provavel, eles dão adeus. E tendo somente os seus próprios pilotos para disputar o título, ter preferencia por um deles é estupidez: eles vão ganhar o titulo de qualquer forma...