segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Mercedes Grand Prix: nasce uma nova força

Não deixou de ser esperada, mas ainda assim muito surpreendente a aquisição da Brawn GP pela Mercedes-Benz. A montadora alemã ficou com 75,1% da campeã mundial dos construtores de 2009 e vai se chamar Mercedes Grand Prix.

Depois da saída de três montadoras da categoria e o titubeio de mais uma, a volta com força total da Mercedes como uma equipe de F1 é um forte sinal de que uma das marcas mais famosas de automóveis no globo tem de fato um caso de amor com o esporte.

A aquisição da Brawn nada mais é que a consolidação do casamento entre Mercedes e F1 depois de anos de paixão e namoro arrebatadores.

Em uma época de receio, desconfiança e negócios cambaleantes, a movimentação da Mercedes parece ser uma jogada de mestre, pois embora campeã, a Brawn deve ter feito um preço mais do que camarada para os alemães.

Interessante será saber qual o tamanho do poder de Ross Brawn e Nick Fry dentro da nova equipe, que deve manter a fábrica em Brackley, mas com certeza terá muito mais ingerência por parte de Norbert Haug e cia.

Interessante também saber que, a exemplo da Ferrari, a Mercedes vai se tornar equipe e vai continuar cedendo propulsores para outros times. Será que a Red Bull vai conseguir contrato com os alemães?

O poder da Brawn GP acaba de ser multiplicado por mil, mas estranho também é o fato da mudaça de nome, embora, claro, seja uma consequencia óbvia.

Com a compra, a Brawn GP entra para a história definitivamente como a primeira e única equipe com 100% de aproveitamento tanto no campeonato de construtores como no campeonato de pilotos.

O piloto que vai comandar um dos cockpits da nova equipe, como alardeado há algumas semanas, será Nico Rosberg, o que ratifica este post do Splash-and-go.

O outro piloto está para ser anunciado, mas decerto o assento da nova Brawn ficou MUITO mais atraente para todos os pilotos, inclusive para o próprio Jenson Button.

Fato é que muitas pessoas queriam ver Jenson na McLaren, ao lado de Hamilton numa dupla campeã mundial, mas quem precisa de McLaren quando você pode pilotar sua própria Mercedes?

Bem-vinda Mercedes GP, e que sua trajetória seja tão vitoriosa como equipe como foi como parceira da McLaren.

5 comentários:

Willian disse...

Com certeza nasce uma nova força. Mas não sei se a Mercedes vai querer Button agora.

Está mais perto de eles formarem uma dupla alemã do que manter o atual campeão...

Daniel Gomes disse...

Acho muito estranho se o Button não continuar lá com o número 1. MUITO estranho!

Fábio Andrade disse...

Se eu disser que tô até agora com a mão na boca e os olhos arregalados não será mentira.

De repente, a gente acorda numa segunda-feira e descobre que a Mercedes volta a F1 com equipe própria. Um dia desses só pode ser alegre.

Só se pode olhar com simpatia para a volta da Mercedes. Tanto pelo significado histórico do fato (talvez a gente tente enxergar uma volta da expressão real da F1, com uma equipe que participou do mundial a 50 e poucos anos) como por ver que ainda há mega-conglomerados que não se acovardam diante de uma crise econômica.

Becken disse...

Eu também tenho um enorme carinho pela Mercedes, será, como muito estão sugerindo lá no blog, a minha segunda equipe no grid, mas algo que temos que admitir é que, o atual estado da F1 limou o poder dos grande budgets.

O que valerá ainda é o know-how e a tradição na hora de se pensar e fazer um carro de F1.

Desejo o melhor para a Mercedes, mas a mesma equipe que projetou o BGP 001 é a mesma que fez aquelas bombas em 2006 e 2007.

Como eles lidarão com a concorrência agora devidamente conscientes das novas regras? terá o segundo semestre de 2009 sido um vislumbre do futuro próximo?

A Mercedes está insulada lá em Stuttgart e sua equipe devidamente localizada na terra da F1, a Inglaterra, o que demonstra a diferença entre ter o budget e saber usá-lo apropriadamente.

No fundo, McLaren e Mercedes nasceram uma para a outra, principalmente com relação ao esmero com o detalhe, com o tecnológico, com a inovação — mas com as mesmas ambições é realmente difícl seguirem parceiras.

Terá a Mercedes capacidade de emular o sucesso da McLaren? 2010 teremos a resposta, mas acho que a McLaren volta por cima...

Abs

Mundo F1 disse...

Nuevo BLOG de Formula 1 con Noticias, Fotos, Videos, Historia ECT.
Te esperamos que nos visite siempre y que nos comente.

avisame asi te coloco en mis --> Paginas Amigas <--

Contacto Bruno_Tarulli@live.com.ar o Mundof1@hotmail.com

Un saludo desde Buenos Aires en Argentina !

Chau !

Pit Stop Formula 1 - BLOG Argentino de F1

http://pitstop-f1.blogspot.com/